Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2007

Portugal Futuro

Olá amigos quero aqui publicar esta eximia poesia de Ruy Belo "Portugal Futuro".

 Pelas mãos do poeta aqui fica este magnifico retrato de um Portugal Futuro, ao ler este belo escrito podemos ter uma imagem positiva da nossa terra e imaginar um futuro melhor.

 

"Portugal Futuro"

 

O portugal futuro é um país
aonde o puro pássaro é possível
e sobre o leito negro do asfalto da estrada
as profundas crianças desenharão a giz
esse peixe da infância que vem na enxurrada
e me parece que se chama sável
Mas desenhem elas o que desenharem
é essa a forma do meu país
e lhe chamem elas o que lhe chamarem
portugal será e lá serei feliz
Poderá ser pequeno como este
ter a oeste o mar e a espanha a leste
tudo nele será novo desde os ramos à raiz
À sombra dos plátanos as crianças dançarão
e na avenida que houver à beira-mar
pode o tempo mudar será verão
Gostaria de ouvir as horas do relógio da matriz
mas isso era o passado e podia ser duro
edificar sobre ele o portugal futuro

 

 

"Portugal Futuro", Palavra[s] de Lugar, in Homem de Palavra[s]

 

Ruy Belo

 

publicado por castromaisverde às 06:47
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Manuel Antonio Domingos a 29 de Dezembro de 2007 às 18:37
Então já desistiu de dar prova de vida ?
Apareça. é sempre bom haver notícias e a possibilidade de fazer concorrência aos dogmáticos .
Bom ano


De castromaisverde a 30 de Dezembro de 2007 às 10:40
Olá bom dia, bom ano também para si.
Para quando o EntradasBlog?

Tenho estado estremamente ocupado com o meu trabalho e com alguns problemas familiares que me tem privado de publicar.

Mas estou atento.....

Com os melhores cumprimentos
Manuel Mestre



De feira de castro a 2 de Janeiro de 2008 às 23:25
Será que MAD (Manuel António Domingos) sabe o que é um dogmático?
Ele, que há anos anada apegar a sua verdade, somente a sua verdade e nada mais que a sua verdade?
Francamente. Pensei que a coisa não estivesse tão por baixo.
Mas venha de lá a concorrência, apesar de de dogmático ter muito pouco.


De barbara a 29 de Fevereiro de 2008 às 11:16
E a analise do poema ??
Ja punha nao!! e q preciso dele já!!!
Faça para amanha e mais nada!!
Nao vejo piada de nao0 a ter!!
Deixe de ser estupido!!

Fico a espera!!
Nao me contrarie.., se nao......
envie para barbarasousa_14@sapo.pt


De Pacheco a 24 de Abril de 2008 às 10:13
s analsasses o poema é k eras simpatico n?


De Outra stora d portugues a 24 de Abril de 2008 às 10:23
concordo com minha colega pacheco
se analisasses o poema e k era legau!
estou necessitando!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Boa tarde

. Tradicionais Festas em Sa...

. Sr. Presidente devolva o ...

. Festejos do Foral de Cast...

. Por cá....

. Na reserva mas de olho!

. Castromaisverde vai fazer...

. Matemática Politica em Ca...

. Caeiros renuncia ao manda...

. PS adianta trabalho para ...

.arquivos

. Julho 2013

. Agosto 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitantes

cocheshoteles nicaraguaClasificadosmascotasteta

.Visitantes Online

online

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds