Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Somincor precisa de prestar mais informação

Olá boa noite em virtude da Somincor estar na ordem do dia da actualidade local aqui fica um tema para reflexão.

 

Será que a Somincor está a fazer uma gestão das jazidas de minério de forma eficaz ou será que se rendeu ao lucro fácil.

 

Sustentabilidade quererá dizer alguma coisa a estes senhores!

 

Passo a explicar, será que a Somincor está a extrair todo o minério disponível ou será que apenas está a extrair o filão com maior percentagem de minério por quantidade extraída tendo assim menores custos de extracção e tratamento.

 

Qual é a percentagem de minério que está a ficar irremediavelmente perdida na mina, embora tenha tentado obter informação em varias fontes não consegui ter acesso a dados concretos.

 

Quando o minério está a um valor alto é uma tentação explorar o filão com maior percentagem de minério , para vender o máximo e encaixar a maior quantidade de dinheiro possível e é muito fácil dizer que quando o minério tem um valor baixo no mercado que a mina não é economicamente viável e tem que fechar e dispensar os colaboradores.

 

Esperemos que a gestão da mina tenha a visão que se deve explorar a maior quantidade de minério disponível dentro das normas de segurança uma vez que o valor actual de mercado paga um valor de extracção teoricamente mais elevado.

 

Aos que querem agradecer entusiasticamente  as migalhas (1,5%) de derrama a favor do concelho será que já perceberam que a corrida ao minério que hoje se verifica poderá estar a hipotecar um recurso para as gerações futuras.

 

Embora a gestão dos recursos do subsolo seja da responsabilidade do poder central será que a autarquia e as ONG da área ambiental estão a dar a devida atenção ao que se está a passar na extracção de minério em Neves Corvo.

 

Aqui fica para reflexão....

 

publicado por castromaisverde às 21:53
link do post | favorito
|
De feira de castro a 25 de Janeiro de 2008 às 00:13
Boa noite

Parece-me que ainda não tinha colocado um post com o qual eu concordasse tanto em absoluto como este.

A minha opinião é de que, não parece haver dúvida que estão a exaurir os filões mais concentrados e a fechar com betão as galerias de acesso aos que têm menor concentração de minério.

Convenhamos que o aumento dos minérios nos mercados internacionais não justificam por si só os lucros astronómicos que se verificaram no ano transacto, tal como a mudança de administração também não o justifica, dado que os técnicos de produção são, essencialmente, os mesmos.
Trata-se portanto de opções de gestão financeira e dos recursos.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Boa tarde

. Tradicionais Festas em Sa...

. Sr. Presidente devolva o ...

. Festejos do Foral de Cast...

. Por cá....

. Na reserva mas de olho!

. Castromaisverde vai fazer...

. Matemática Politica em Ca...

. Caeiros renuncia ao manda...

. PS adianta trabalho para ...

.arquivos

. Julho 2013

. Agosto 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitantes

cocheshoteles nicaraguaClasificadosmascotasteta

.Visitantes Online

online

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds