Domingo, 23 de Setembro de 2007

Para a frente Castro Verde de Francisco Augusto Galrito

Relembro aqui hoje um homem de grande sabedoria, Francisco Augusto Galrito , talhava as palavras como ninguém, sempre se dedicou a promover o nosso Castro Verde.

Não teve vida fácil, eram tempos difíceis .

 

Entre os meus livros, encontrei, A Verdade da Poesia, Volume II, livro editado em 1994, dai extrai este tema sempre na ordem do dia.

 

Para a frente Castro Verde

 

Castro Verde é uma vila

Que vaidosa se perfila

No caminho p'ra Lisboa.

A sua Fraternidade

Conquista a amizade

A uma qualquer pessoa.

 

Castro Verde é uma vila

Que vaidosa se perfila

No caminho p'ró Algarve.

Ela tem p'ro forasteiro

Nacional ou estrangeiro

Acolhimento suave.

 

Os seus ricos monumentos

São preciosos elementos

Recordando antepassados.

Qualquer pessoa que passa

A encanta sua traça

E são bastante visitados .

 

As riquezas que ela encerra

Nas profundezas da terra

São confiança que resta.

Que lhe incute a esperança

Da desejada mudança

Na sua vida modesta.

 

Suas gentes que labutam

Não se negam sempre lutam

Aspirando um Mundo Novo.

Como são um povo crente

Vão dizer sempre presente

Castro Verde e o seu povo.

 

 

Espero que desfrutem e que reflictam um pouco, dar a conhecer as coisas boas da nossa gente e da nossa terra é o melhor contributo que podemos e sabemos dar ao nosso Castro Verde.

 

publicado por castromaisverde às 20:26
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De copiaperfeita a 23 de Setembro de 2007 às 22:03
Francisco Augusto Galrito - Grande poeta, homem muito humano. Lembro-me, por esta altura, no início das aulas comprar o material escolar na sua papelaria. Tinha muita paciência para com os muídos. Tenho em minha casa o livro citado, cuja poesia se encontra na pag. 232.
A sua poesia toca no coração, a mim especialmente quando abro A Verdade da Poesia, Volume II, e leio o refrão de 2 poesia que fora elaborado a partir dos refrões feitos pelo meu Pai…….


De castromaisverde a 24 de Setembro de 2007 às 08:32
Muito obrigado pelo seu comentário , espero que continue a participar e a encontrar temas interessantes neste Blog.


De avec le temps a 23 de Setembro de 2007 às 23:34
um poeta popular que endeusava a sua terra. Pena é que a sua Terra não corresponda ao seu ideal. vivo há longos anos nesta Terra e no entanto muita gente faz gosto em me recordar que nao sou daqui. e em termos de acolhimento quero apenas recordar episódios que têm como centro a comunidade cigana e estabelecimentos comerciais desta Terra. Eu já assisti a momentos de pura xonofobia e descriminação. por isso vamos dar a Castro a sua real dimensão: Uma Terra de Gente boa e má nada mais que isto.

COMO GOSTO DE POESIA AQUI DEIXO UMA

ALENTEJO
Os olhos deleitam-se
na ternura do horizonte.
Pontos brancos salpicam
E estepe prenhe
De passados.
Momentos vividos
Num esquecimento já distante.
A imutabilidade da paisagem
É o único presente.
O silêncio é constante e
Terrivelmente agreste.
O Alentejo é dos montes
De memórias perdidas noTempo

SAGHER


De castromaisverde a 24 de Setembro de 2007 às 08:34
Muito obrigado pela sua poesia, com a sua participação este espaço ficou mais rico.
Continue a aparecer e a participar, os nossos visitantes são e nosso maior estimulo.


De rbl a 25 de Setembro de 2007 às 02:10
vais mas é para o barreiro pá!!!!
:)



rbl


De feira de castro a 25 de Setembro de 2007 às 09:08
Vc,porque apesar de não o conhecer, nem merece outro tratamento que não este, não tem mesmo nível nenhum.
Pelo que li no seu blog anda por fora, diz que em tratamentos, talvez à dor de cotovelo, e a trabalhar. Talvez um dia lhe digam para ir para donde veio. Pena é tenhamos que levar consigo aqui.
Olhe, deixe de beber, que o alccol em excesso é prejudicial à saúde.
Tenha um bom dia.


De castromaisverde a 25 de Setembro de 2007 às 10:14
Está de tal maneira infectado que não percebeu que se trata de uma troca de mimos entre o rbl e o SAGHER .

Não estou de acordo com o teor, mas como se conhecem e são pessoas crescidas seguramente entenden-se.

Neste momento gozo de boa saúde e de paz de espírito .

Já o sr . penso que seja melhor recorrer a tratamento.......

Aceito antecipadamente o seu pedido de desculpas ......


De feira de castro a 25 de Setembro de 2007 às 14:02
Penso que quem está infectada será a senhora.
Se não consegue pereceber que o meu comentário foi feito ao comentário do tal RBL, então sugiro que antes de começar a andar nestas andanças aprenda.
Como é óbvio não lhe peço desulpas, porque não tenho que o fazer, não porque tivesse pruridos caso não tivesse razão.
Folgo em saber que está de saúde. Eu nunca estive tão bem.
Boa tarde
PS: não estou a perceber este seu horário...


De castromaisverde a 25 de Setembro de 2007 às 16:59
Sou um homem será que ainda não percebeu.


De feira de castro a 25 de Setembro de 2007 às 17:12
Será? Tenho dúvidas.


De castromaisverde a 25 de Setembro de 2007 às 18:55
Não tenha, você está muito longe de imaginar quem sou.


No entanto eu ......



De rbl a 26 de Setembro de 2007 às 23:58
eh pá, eu é que bebo e fumo umas coisas!!
:)

ah pois, era mesmo para o sagher, um abraço dos grandes SAGH

mr(ou mr's - sei lá eu) castro verde, estou-me bem excrementando(este palavrão existirá?? os meus professores de português haviam de ficar orgulhosos de mim) para quem seja. eu cá por mim uso isto - entenda-se o meu blog - como muito bem entendo e não me importo com o que pensem sobre o que escrevo; rio, choro, sou paneleiroso, nostálgico, parvo, escrevo merdices sem sentido nenhum e muitas que são as maiores parvoíces que alguém já escreveu; se estou sóbrio; apaixonado; em baixo; bêbado ou drogado ou com a maior moral do mundo, acha que me importo com ameaças veladas "sei que és e não sabes quem sou....)????

olhe

excrementei


rbl


De rbl a 27 de Setembro de 2007 às 00:02
corrijo:
mr(ou mr's - sei lá eu) "castromaisverde"

peço desculpa, mas bebi umas médias com os nervos da bola e tou um bocado almareado(endrominado, tá a ver?)


De feira de castro a 27 de Setembro de 2007 às 22:23
Pois ...

Boa noite


De rbl a 27 de Setembro de 2007 às 00:04
possas pá, esquecime de assinar. fui Eu que escrevi o comentário anteri, ok?
agora asssino duas vezes para compensar

rbl

rbl



De rbl a 27 de Setembro de 2007 às 00:16
pronto, estou bêbado dum todo e não fumo mais nada.
Mr/Mr's castromaisverde, peço imensa desculpa por esta trapalhada toda, mas eu estava a falar com a senhora feira de castro(é feminino, não é?).
nos comentários anteriores, onde aparece "castro verde"(ou "mais"!) é favor ler feiradecastro(ou "mais"?).
obrigado e lamento mais uma vez o lapso


rbl


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Boa tarde

. Tradicionais Festas em Sa...

. Sr. Presidente devolva o ...

. Festejos do Foral de Cast...

. Por cá....

. Na reserva mas de olho!

. Castromaisverde vai fazer...

. Matemática Politica em Ca...

. Caeiros renuncia ao manda...

. PS adianta trabalho para ...

.arquivos

. Julho 2013

. Agosto 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitantes

cocheshoteles nicaraguaClasificadosmascotasteta

.Visitantes Online

online

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds