Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Castromaisverde vai fazer numa pausa.

Olá boa noite é hoje suspenso o nosso Blog com toda a pompa e circunstancia.

Este Blog espera ter sido um espaço de liberdade de expressão para todos os admiradores de Castro Verde esta bonita vila Alentejana.

 

Agradecemos as sugestões e elogiamos a participação de todos os que engrandeceram o nome e a atitude da nossa terra.

 

Castromaisverde surgiu como resultado natural, de uma reflexão de amigos sobre o que gostaríamos que fosse o futuro deste aprazível local.

 

O verde sempre foi a cor da esperança, queremos uma atitude construtiva e de inovação ansiamos pelo futuro, temos o trigo e dele a farinha para construir um espaço melhor.

 

Nas nossas mentes não esperávamos por pára-quedistas ou velhos do Restelo com ideias de tempos antigos que só se lembram de Santa Barbara quando troveja, a nossa terra está aberta ao mundo, tem um património desenvolvido ao longo de trinta anos de liberdade e democracia que não pode ser aprisionado nem travado por alguém  já reformado de outras lides.

 

A nossa cultura, assim como a nossa responsabilidade cívica  não nos permite a critica mal discente , procuraremos sempre inovar mostrar que existe um caminho, diferente do obvio do usual, tentaremos sempre desenvolver ideias para construir um melhor Castro Verde.

 

Estaremos sempre na primeira linha de defesa dos valores, da tradição e da historia da nossa vila.

 

Meus amigos o nosso blog vai suspender a sua actividade.

 

Esta foi a base da nossa mensagem de abertura do blog agora praticamente ano e meio depois e após terem passado por cá aproximadamente 24 mil visitantes, continua actual e suspende este espaço.

 

Castro Verde tem hoje diversos espaços de livre opinião na Blogosfera o trabalho os filhos e a azafama da vida não me disponibiliza neste momento tempo suficiente para estas lides.

 

Vamos entrar num período de agitação politica que espero que no nosso concelho exista a coerência e a dignidade de respeitar todas as opiniões. 

 

A todos o meu muito obrigado até qualquer dia...

Manuel Mestre

publicado por castromaisverde às 23:16
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Janeiro de 2009

Matemática Politica em Castro Verde

 

Olá,

Aqui fica um exercício de Matemática Politica da minha inteira responsabilidade, utilizando a informação do Atlas eleitoral disponível no site da Câmara Municipal de Castro Verde.

Não sei quem compilou a informação mas ao autor dos documentos os meus parabéns a informação está clara e muito acessível.

 

Sugiro a todos que visitem o Altas uma vez que dispõe de informação detalhada de todas as forças politicas que concorreram a eleições em Castro Verde desde 1974. Aqui apenas apresento um extracto dessa informação.

Respeito da mesma forma todas as forças politicas que se apresentaram a votos no concelho, aqui tentei demonstrar a relação eleitoral entre duas forças politicas, que têm entre si disputado sensivelmente 80% da votação.

 

 

Eleições Ano Eleitores Votos PS PCP/PEV
           
Câmara 1993 6532 4111 32,08% 52,81%
Ass. Municipal 1993 6532 4108 33,30% 51,27%
Freg. C. Verde 1993 3692 2179 40,48% 49,79%
           
Europeias 1994 6455 2267 29,91% 40,54%
           
Legislativas 1995 6639 4166 48,03% 30,20%
           
Câmara 1997 6608 4154 31,39% 57,90%
Ass. Municipal 1997 6608 4152 32,71% 55,92%
Freg. C. Verde 1997 3831 2307 34,94% 50,89%
           
Europeias 1999 6388 2668 44,96% 31,11%
           
Legislativas 1999 6429 3739 48,41% 30,09%
           
Legislativas 2001 6320 3601 44,79% 26,16%
           
Câmara 2001 6321 3905 28,17% 55,95%
Ass. Municipal 2001 6321 3905 29,86% 52,65%
Freg. C. Verde 2001 3679 2173 32,21% 47,72%
           
Europeias 2004 6287 2482 44,40% 32,11%
           
Câmara 2005 6223 3867 26,22% 56,68%
Ass. Municipal 2005 6223 3865 28,41% 52,52%
Freg. C. Verde 2005 3679 2228 30,30% 48,47%
           
Legislativas 2005 6311 3962 50,86% 25,85%
           

 

 

Olhando para os resultados da amostra podemos concluir que desde 1995 o PCP/PEV só ganha em Castro Verde eleições autárquicas e que o PS desde o ano 1995 só não ganha autárquicas.

 

Logo talvez seja licito concluir que os candidatos Fernando Caeiros e Manuela Florêncio, assim como as equipas que constituiriam tenham sido determinantes nessas vitorias.

    Da mesma forma e fazendo o mesmo tipo de analise podemos dizer que os candidatos autárquicos do PS, têm sucessivamente perdido eleições nunca conseguindo capitalizar o peso que o partido tem no concelho de Castro Verde demonstrado em outros actos eleitorais.

 

Usando exclusivamente a mesma Matemática macambúzia podemos concluir que para se ganharem eleições capitalizando o peso politico do partido é necessário escolher um excelente candidato, de competência reconhecida.

Outra receita  possível é ter como apoiante ou nas listas quem tem reconhecida mente capacidade de mobilizar e a experiencia de ter ganho eleições em Castro Verde. Uma vez que esses candidatos pela análise dos números valem mais votos que a força politica que os usa como bandeira.

 

Esta síntese de informação que aqui deixo talvez seja útil para debate nos encontros semanais dos ex. militares agora convertidos a políticos no concelho.

 

Talvez as forças vivas independentes de Castro Verde após esta analise, retirem aquelas boas ideias do baú, desenvolvam um programa eleitoral arrojado, acreditem que é possível ganhar, com o apoio de uns políticos experientes a trabalhar e a ganhar eleições e decidam finalmente avançar.

 

Só para fecho desta breve análise recordo que quem teve mais votos em Castro Verde nas eleições para a Presidência da República em 2006 foi Manuel Alegre com 36,39% dos votos, Jerónimo de Sousa teve na mesma eleição em Castro apenas 23,22%, recordam-se quem eram os apoiantes de Manuel Alegre em Castro Verde?

 

 

Os números não enganam, as pessoas muitas vezes por formação ou por ambição politica, esquecem os números são mais ligados ás formas, mais artistas!!!

 

Talvez tenham receio do regresso da velho passarão, penso que podem estar tranquilos, quem vivia num quintal e agora tem um condado de liberdade não quer mais gaiola.....

 

O quintal estava claramente bem arrumado e muito bem valorizado, talvez dê jeito agora aparecer como o novo dono da coisa.

 

Para concluir fiquei surpreso, que perguntando a várias pessoas  na vila de Castro Verde quem era o actual presidente da Câmara muitas responderam, "Já não é o Caeiros?" outras respondiam é outro mas não sabiam o nome, apenas um numero pequeno sabia o nome do actual Presidente da Autarquia.

 

Quando perguntei ás mesmas pessoas quem vai ser para o candidato do PS á Câmara nas próximas eleições quase todas responderam sem excitação o sr. Doutor Zé Francisco.

 

Curioso, srs. políticos façam o mesmo teste, tirem as vossas conclusões....

   

Manuel Mestre


 

publicado por castromaisverde às 22:50
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|

Caeiros renuncia ao mandato na Câmara de Castro Verde

 

 

Fernando Caeiros renunciou ao mandato autárquicos e ao cargo de presidente da Câmara Municipal de Castro Verde no início desta semana, apurou o “Correio Alentejo”.
A exercer funções de vogal executivo da comissão directiva do InAlentejo desde o passado mês de Julho, Caeiros tinha o seu mandato suspenso até um ano. Contudo, segundo explicou ao “CA”, “decorrido um período de clarificação quanto ao regime de Segurança Social ao abrigo do qual deverá estar” enquanto exerce as funções actuais, o antigo líder da Câmara de Castro Verde entende “tornar definitivo o abandono da actividade autárquica”.
Esta decisão foi comunicada à presidente da Assembleia Municipal na passada segunda-feira, 5 de Janeiro. Ao mesmo tempo, Fernando Caeiros endereçou uma carta ao presidente da Câmara, Francisco Duarte, onde também formalizou a sua decisão.
Deste modo, Caeiros encerra um ciclo de 32 anos como presidente da Câmara de Castro Verde, embora no último semestre não tenha exercido a função.
Com 54 anos, o actual gestor do InAlentejo foi eleito pela primeira vez em 12 de Dezembro de 1976 e, depois, sucessivamente reeleito, sempre com o apoio do Partido Comunista.


 
quarta-feira, 07 de janeiro de 2009 - 18h07
Link: http://www.correioalentejo.com/?diaria=2850
publicado por castromaisverde às 20:26
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

PS adianta trabalho para as autárquicas 2009

 

 

O Partido Socialista já definiu todas as candidaturas às câmaras municipais do distrito de Beja nas eleições autárquicas de 2009. Segundo apurou o “CA” junto de fonte partidária, só em Serpa, Barrancos e Moura “ainda há algum trabalho por fazer” mas, durante o mês de Janeiro, “tudo estará decidido”.
Recorde-se que Luís Pita Ameixa, presidente da Federação do PS Baixo Alentejo, já definiu como grande objectivo político para 2009 “disputar da vitória em todas as autarquias” do distrito de Beja e, nesse enquadramento, assumiu que o partido irá fazer “um trabalho bem feito, com responsabilidade e exigência”.
“Em todo o lado vamos jogar para a vitória. Fá-lo-emos com boas pessoas e bons programas. Essa é a responsabilidade do PS, o que não quer dizer que vá ganhar em todo o lado, entenda-se bem”, afirmou Luís Pita Ameixa.
Neste contexto, os socialistas parecem estar a fazer uma aposta muito forte em dois dos principais concelhos da região, onde nunca lideraram as respectivas autarquias: Beja e Castro Verde.
Em Beja, a escolha de Jorge Pulido Valente foi feita por unanimidade e lançada com o objectivo de mobilizar a sociedade civil do concelho. Nesse enquadramento, o próprio Pulido Valente já explicou que a preparação do projecto “vai extravasar o próprio PS” para “envolver todos aqueles que queiram contribuir para o desenvolvimento de Beja”. E defendeu que “este tipo de projecto autárquico não pode limitar-se aos partidos políticos e deve abrir-se à sociedade civil”.
No caso de Castro Verde, a única candidatura apresentada formalmente à imprensa pelo PS, o cabeça de lista, José Francisco Colaço Guerreiro, também vincou a “génese apartidária” da candidatura porque, segundo explicou, esta “não nasceu dentro do PS, nasceu na consciência de que havia algo a fazer para que tudo não continuasse na mesma”. “Não concorremos contra indivíduos nem instituições, mas a favor do bem-estar integral e do enraizamento das gentes deste concelho”, explicou.

Aljustrel e Vidigueira. Outros dois concelhos onde o PS alimenta esperanças são Aljustrel e Vidigueira, onde o PCP tem maioria nas autarquias. Na vila mineira, o candidato volta a ser o actual administrador da Gestalqueva, Nelson Brito. Depois de derrotado em 2002 por José Godinho, o jovem jurista deverá ter pela frente Manuel Camacho, que acaba de render José Godinho na liderança da autarquia e deverá ser o candidato da CDU.
Na Vidigueira, tudo indica que o candidato socialista possa ser António Mendes Pinto, actual director regional de Economia do Alentejo e presidente da concelhia do PS. Recorde-se que, em 2002, a autarquia vidigueirense foi conquistada aos socialistas por Manuel Luís Narra, que irá apresentar a sua recandidatura. No resto do distrito, o PS escolheu Vicente Maurício em Alvito e João Saleiro em Almodôvar. Em Moura, Serpa e Barrancos tudo deverá ficar decidido ainda este mês.
Nos concelhos onde lidera as câmaras municipais, estão confirmadas as recandidaturas de Aníbal Reis Costa em Ferreira do Alentejo, Pedro do Carmo em Ourique e Francisco Orelha em Cuba – neste caso, também já é conhecida uma “pequena revolução” na lista, estando confirmado o regresso de Carlos Almeida (que integrou a equipa do primeiro mandato de Orelha) e de Teresa Calado. No caso de Mértola, Jorge Rosa também deverá encabeçar a lista do PS.
Em Odemira, onde António Camilo não será candidato, segundo informações recolhidas pelo “CA” a escolha socialista recaiu no actual vice-presidente da autarquia, José Alberto Guerreiro.

PCP renova em Castro e Aljustrel

Como é habitual, o PCP também tem o “trabalho de casa” adiantado e as diferentes candidaturas estão praticamente definidas em toda a região. Nos concelhos de Beja, Moura e Serpa, onde lidera as câmaras, estão confirmados Francisco Santos, José Maria Pós-de-Mina e João Rocha, apesar do último ter repetido várias vezes que este seria o seu último mandato. Também em Barrancos é praticamente certa a recandidatura de António Tereno e, na Vidigueira, Manuel Narra assumirá o desafio de tentar um segundo mandato. Em Castro Verde, com Fernando Caeiros a ser uma possibilidade cada vez mais remota, o PCP deverá optar por Francisco Duarte, o actual presidente da câmara. E em Aljustrel, confirmada a saída de José Godinho para a ER Turismo do Alentejo, avança Manuel Camacho, que vê chegada a sua hora depois de há longos anos assumir o papel de número dois, quer em Aljustrel quer em Beja.
Em Alvito, o PCP terá manifestado o desejo de ver o actual presidente, João Paulo Trindade – eleito em 2002 numa lista de “independentes” – vestir “oficialmente” a camisola comunista, mas tudo aponta que a escolhe terá de ser outra. Em Cuba repete-se a candidatura de João Português e, nos casos de Almodôvar, Mértola, Ourique, Odemira e Ferreira do Alentejo, concelho onde está na oposição há longos anos, ainda é desconhecida a escolha do PCP.

PSD define prioridades

O PSD também já tem definido algumas candidaturas para 2009, nomeadamente nos concelhos onde assume apostas claras para ganhar as respectivas autarquias. No único concelho onde está no poder, apesar das evidentes divisões internas, o candidato será António Sebastião. Em Alvito avança Mário Simões e em Ourique o candidato é José Raul Santos. Em Beja, segundo fontes partidárias, a escolha deverá recair em Pires dos Reis, enquanto que, no caso de Serpa, deverá repetir-se a candidatura do agricultor Sebastião Rodrigues, que neste mandato assumiu funções na equipa do comunista João Rocha. Em Castro Verde tudo aponta que o PSD vai escolher Pedro Figueira e, em Odemira, a escolha deverá recair em Raul Albuquerque, actual eleito na Assembleia Municipal.

 

 

link: http://www.correioalentejo.com/index.php?diaria=2835

publicado por castromaisverde às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

O adeus dos dinossauros

O Poder Local em 2009 vai ficar marcado por eleições autárquicas que se realizam pela última vez sem limitação de mandatos e pela despedida de autarcas que estão à frente das câmaras desde 1974.

 

Os chamados "dinossauros" terão a última oportunidade de ir às urnas no próximo ano antes de entrar plenamente em vigor a lei de limitação dos mandatos dos presidentes de câmara e de junta, embora alguns já tenham optado por não se recandidatar.

Em 2013, os presidentes de câmara e de junta que já tiverem cumprido três mandatos consecutivos ficarão excluídos da corrida, dando cumprimento à lei publicada em Janeiro de 2006.

Os presidentes das câmaras de Vila Nova de Poiares, Jaime Soares (PSD), Reguengos de Monsaraz, Victor Martelo (PS), Braga, Mesquita Machado (PS), Alenquer, Álvaro Pedro (PS) e Castro Verde, Sousa Caeiros (PCP) protagonizam os casos de maior longevidade no poder local.

Mesquita Machado continua hoje à frente da Câmara de Braga, mas fez uma incursão pelo Governo nos anos 80 como secretário de Estado do Fomento Cooperativo, acabando por apresentar a demissão ao então primeiro-ministro Mário Soares, e regressar à autarquia.

O autarca de Castro Verde manteve-se na câmara até ao presente mandato, que abandonou a meio para assumir um lugar no órgão de gestão do Programa Operacional do Alentejo - In Alentejo.

Jaime Soares, Álvaro Pedro e Victor Martelo mantiveram-se sempre fieis ao posto nas câmaras a que presidem e se o primeiro não descarta a hipótese de recandidatura em 2009, os dois últimos já decidiram não se recandidatar, mas prometem continuar activos na vida cívica e política das suas comunidades.

Muito está ainda aberto, já que 2009 é um ano repleto de eleições: europeias em Junho e autárquicas e legislativas mais para o final do ano, mas as estratégias dos partidos começam a desenhar-se.

 

Link: http://diariodosul.com.pt/index.php/noticias/437

publicado por castromaisverde às 21:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Boa tarde

. Tradicionais Festas em Sa...

. Sr. Presidente devolva o ...

. Festejos do Foral de Cast...

. Por cá....

. Na reserva mas de olho!

. Castromaisverde vai fazer...

. Matemática Politica em Ca...

. Caeiros renuncia ao manda...

. PS adianta trabalho para ...

.arquivos

. Julho 2013

. Agosto 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitantes

cocheshoteles nicaraguaClasificadosmascotasteta

.Visitantes Online

online

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds