Terça-feira, 8 de Julho de 2008

E depois do amanhã

Olá,

Depois do amanhã, como será?

 

Eis uma questão que seguramente a muitos diz respeito e que a poucos realmente interessa.

Para a grande maioria provavelmente que seja pelo menos igual a hoje com algum para a bucha e algo para beber porque o calor aperta, para outros que seja melhor.

 

Amanhã?

Como será?

O que vão fazer?

O quê, como?

Quêm?

Onde?

Quando?

 

Eis algumas interrogações com que vivemos o nosso dia a dia, mais questionadas por uns menos por outros.

Estamos habituados a coisas pacificas e tranquilas, é tudo malta amiga, malta calma.

Provavelmente é uma forma simplista de olhar o futuro.

 

Existem ainda aqueles mais pensadores que questionam tudo e mais alguma coisa mas depois de tudo espremido não sai nada.

 

Existem aqueles mais intelectuais que pensam escrevem e falam mas depois esquecem a realidade, sugerem o improvável.

 

Existem ainda aqueles que se consideram democratas, mas tem que ser sempre o que querem e como querem, caso o tema não seja tratado de acordo com a sua opinião a seu contento entra a teoria da conspiração, tudo contra todos, mas sempre democratas.

 

Todos os pontos de vista tem a sua base e devem ser respeitados.

 

A critica fácil, mesquinha e gratuita é sempre um acto populista

 

 

Estamos a atravessar um momento difícil do ponto de vista económico, as pessoas devem decidir com tranquilidade, pelo menos deve-lhe ser dado o beneficio da duvida a tranquilidade para mostrarem trabalho a oportunidade de implementarem a suas ideias.

 

No nosso panorama local existe tanto para fazer em relação ao que foi traçado como grandes opções do plano, existem ainda uma serie de projectos determinantes para o futuro colectivo que é de de um egoísmo extremo olhar só para o nosso umbigo e desancar sobre tudo e todos.

 

Que depois de amanhã seja melhor do que hoje!

Manuel Mestre

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por castromaisverde às 07:21
link do post | comentar | favorito
|
41 comentários:
De Manuel Antonio Domingos a 8 de Julho de 2008 às 16:55
Fica tranquilo amigo. Amanhã e depois de amanhã vão ser melhores. lê o Optimismo de Francesco Alberoni.


De sagher a 9 de Julho de 2008 às 23:23
ser simplista é uma coisa ser credulo e poretender fazer os outros de idiotas é outra. diga-me só uma coisa com um (des)governo destes, com a crise mundial que está ai como pode o sr ser optimista? ja sei: a velha teoria de que isto está tão mau que não pode piorar deve ser o seu lema, o problema é que vai piorar muito e a fome que se começa a fazer sentir pelo planeta disso são exemplos.


De Mourinhaencantada a 11 de Julho de 2008 às 00:52
Olá, boa noite Sagher, esta gente não se enxerga? mas em que País vivem? ou são patrões,e não fazem a mínima ideia do que é fazer esticar o encolhido ordenadito, ou então devem de ganhar no mínimo uns 10 ordenaditos "minimos nacionais". pois digo-vos com conhecimento de causa, há familias a jantar um paozinho com chouriço e um cafezinho com leite .Acreditem que é pura realidade.Boa Noite e vejam se deixam de querer tapar o sol com a peneira!..


De Manuel Antonio Domingos a 12 de Julho de 2008 às 18:11
Então camaradas do Castromaisverde. Expliquem lá que diligências é que fizeram junto da E3 Property para eles retirarem a informação mentirosa e escandalosa que tinham na sua página da Internet, sobre a Cavandela, e que eu denunciei veementemente na última sessão da Assembleia Municipal 30/06/2008 ?
Contem lá a verdade, como é que foi?
Será este já um sinal de libertação, depois da saída do dinossauro?
Não se esqueçam de informar sobre o ponto da situação ;
- PIN ?
- Programação das acções ?
- Plano de financiamento ?
Entrem no sítio da E3 Property, e constatem a ausência total de informaçõa neste momento sobre a Cavandela e não só.


De castromaisverde a 13 de Julho de 2008 às 16:20
Será que sabes o que significa propriedade privada. Preocupa-te com o que se comprometeram com a câmara isso é interesse publico, agora sobre as acções que o promotor leva a cabo só a ele dizem respeito.
Andas em roda viva, não mordas e língua


De Manuel Antonio Domingos a 14 de Julho de 2008 às 00:13
Na ausência de argumentos, agridem-se as pessoas com ameaças repetidas de mordidelas na língua. Estás-te a repetir nas banalidades.
Será que existem compromissos devidamente acautelados pela Câmara?
Ou será que houve só pernas abertas e deslumbramento sem alma?
Então afinal onde é que está demonstrada a experiência de 32 de profissão?
Se me explicarem com argumentos convincentes, pode ser que mude de opinião!
Enquanto isso não acontecer continuo a dizer que estamos na presença, da maior acção de propaganda para a venda de ilusões jamais realizada em Castro Verde OK?
Que cartas de conforto é que a autarquia exigiu aos supostos empreendedores?
Mas sem entrar em mais questões responde lá ás anteriores objectivamente.


De castromaisverde a 14 de Julho de 2008 às 07:58
Até te fica mal usares o termo "agridem-se as pessoas com ameaças repetidas de mordidelas na língua" .
Se tens tantas questões e tantas duvidas sobre a Cavandela , podias-te ter esclarecido na sessão publica na qual ficaste calado ou então envia um mail ou telefona ao promotor para que te esclareça .
Tudo o que aqui venha a comentar vai servir para usares a tua ira contestativa e não aceitas as evidencias logo não vale a pena.


De Mourinhaencantada a 14 de Julho de 2008 às 12:06
Bom Dia!... Então Castromaiverde!...não é declaradamente em todos os comentários feitos neste blog e não só, que o srº.MAD é o agressor? o homem é maldoso, venenoso e tem a mania da perseguição, suspeita de tudo, não haverá um comprimido rápido pra essas merdices todas que o homem tem? Muito bom dia, e um bom começo de semana. Da; Mourinhaencantada


De castromaisverde a 14 de Julho de 2008 às 14:52
Olá,
No meu modesto ponto de vista remédio existe chama-se ocupação se o homem tivesse mais o que fazer, seguramente usava o tempo para coisa úteis e com significado.
Por favor não o trate por MAD , que significa maluco em Inglês e o sr . maluco não é, para mim é até bastante inteligente mas dá muito má utilização ás suas capacidades. Opções...


De Manuel António Domingos a 14 de Julho de 2008 às 16:43
Se o meu amigo se identificar como fazem os que não têm nada a esconder, até admito que possamos discutir a má utilização das nossas capacidades e opções. Até lá compreenda, que me deve levar a sério e tratar com respeito.
Achava correcto, que eu sem saber, afirmasse que o tempo que gastou incorrectamente a ofender-me, ainda lhe estava a ser pago pelo érário público?
Independentemente da minha ocupação ou falta dela, não acha que eu já dei, e continuo a dar muitas horas do meu saber e capacidade à sociedade onde vivemos?
Desde pequenino que aprendi a usar com parcimónia os escassos recursos de que disponho, e essas aprendizagens conduziram-me a que neste momento respire alguma modesta tranquilidade. Só em mentes mesquinhas é que uma vida tão modesta, e um passado tão transparente pode provocar inveja. Respostas eivadas de ira, não são mais do que o reflexo da falta de argumentos concretos, objectivos e transparentes.


De Manuel António Domingos a 14 de Julho de 2008 às 19:46
Obrigado pela aula de inglês.Convenhamos que normalmente falamos em português. Mas não deixa de ser curioso os seus conhecimentos em inglês. MAD = Louco,doido,excitado.
Realmente, quem não ficará doido com um louco excitado permanentemente, com a crise que por aí anda?


De Anónimo a 14 de Julho de 2008 às 16:06
Mourinha encantada, não faça extrapolações das suas necessidades quimicas. Por enquanto os meus problemas vão-se resolvendo ao ritmo da mãe natureza. Se ao menos eu soubesse quem vc é , talvez percebesse melhor a ira que lhe provocam as minhas intervenções de cidadania.Peço-lhe para relectir serenamente, e depois veja se serei eu que estou errado OK?


De Manuel António Domingos a 14 de Julho de 2008 às 18:17
O anónimo só saiu por lapso.

Mourinha encantada, não faça extrapolações das suas necessidades quimicas. Por enquanto os meus problemas vão-se resolvendo ao ritmo da mãe natureza. Se ao menos eu soubesse quem vc é , talvez percebesse melhor a ira que lhe provocam as minhas intervenções de cidadania.Peço-lhe para relectir serenamente, e depois veja se serei eu que estou errado OK?


De Manuel António Domingos a 14 de Julho de 2008 às 16:23
Por enquanto ainda sou eu quem decide quando quero fazer perguntas, se me for dada essa oportunidade, o que nem foi o caso naquela apresentação parcial de uma pseudo versão final de um Plano de Pormenor.
Por acaso, é ou não verdade, que não foram apresentados todos os documentos que compõem e acompanham um Plano de Pormenor?
Respondam lá se fazem favor, onde é que se podia consultar a Programação das acções a levar a cabo, e o Plano de financiamento?
A Assembleia Municipal não é o sítio certo para colocar questões responsáveis, pertinentes e oportunas, que mais não visam do que lançar alertas para a defesa do interesse público?
Quanto ao contacto do promotor procura-o lá na Internet, a ver se o encontras está bem?


De castromaisverde a 14 de Julho de 2008 às 22:20
Será a Câmara municipal o promotor do projecto.
Penso que não!
Já experimentaste a lhe telefonar o mandar um email.
O que é que o interesse publico tem a ver com o plano de financiamento do promotor do projecto da Cavandela .

No passado eras menos obcecado!


De Manuel António Domingos a 15 de Julho de 2008 às 12:09
É verdade que a Câmara não é o promotor do projecto, mas existe um minímo do qual a Câmara não deve adbicar ao tomar a decisão de assumir a execução de um Plano de Pormenor. Existem regras para se poder acautelar a credibilidade de uma determinada entidade, e isso a meu ver ainda não foi explicado.
Acreditas que uma pequena empresa de responsabilidade Lda, com 5 mil euros de capital social, tenha capacidade para implementar um projecto mégalómano em qualquer parte do mundo, no valor de 500 milhões de euros?
Essa é uma das razões, pela qual eu continuo, pelo que vocês dizem, obcecado com esta situação.
Vir dizer; o que é que o interesse público tem a ver com o Plano de financiaemto da Cavandela?, única e simplesmente só revela ignorância sobre a legislação que regulamenta os instrumentos de ordenamento do território, ou então má fé, se se tratar de um conhecedor da legislação.
Para mim não há versão final de um PP, sem a existência de um Plano de Financiamento credível, e também de um Plano de Programação das acções no tempo.
Volto a insistir, onde é que já foram mostrados, e postos à disposição do público interessodo esses documentos?
Porque não obtenho eu resposta a estas situações?
Eu respeito muito a propriedade e a iniciativa privada, tal como também preso muito a defesa do interesse público. Neste caso, a única coisa que me move, é ver, que até prova em contrário, e já lá vão quase 3,5 anos, não existem provas de que este seja um projecto credível e exequível, na dimensão da ilusão que têm estado a publicitar.
Para mim todos temos a obrigação de questionar tudo, e o mais possível, sempre em defesa do interesse público.
Não devemos desconfiar de tudo e todos. Mas também não devemos acreditar em tudo e todos, sem que estejamos seguros, de que tudo o que é possível, foi feito para acautelar o interesse público.


De anonimo2 a 17 de Julho de 2008 às 12:21
Caro Manuel António, desculpe lá mas eu estive na apresentação do plano de promenor da Cavandela e posso dizer que o Srº MENTE com todos os dentes que tem na boca, e digo isto pois todas as pessoas que estiveram nessa apresentação tiveram possibilidades de falar, e até posso ir mais longe, o Srº foi por duas ou três vezes convidado a intervir.
Agora diga me ?
Qual foi as questões que colocou?
Quantas vezes entre botões ofendeu as pessoas que geriram o debate?
Como é que se o Srº , abandonou o plenario
Responda, sinceramente pois a cobardia de o dizer nas costas tem de acabar de uma vez por todas, uma vez que o Srº nunca foi sincero nem na altura em que " o seu Povo " o elegeu.


De Manuel António Domingos a 17 de Julho de 2008 às 13:06
Tenha respeito pelas pessoas, que entram neste site. Todo o seu comentário é miserávewlmente falso e provocatório, e nem merece que eu tente responder.Com a sua forma arruaceira de se comportar perante coisas sérias, seria tempo perdido. Até parece que na ausência de respostas ás minhas questões pertinentes e responsáveis, o meu amigo está a entrar em desespero. Mantenha-se no anonimato, mas ao menos trate as pessoas com o respeito que merecem. Não se esqueça que a grande maioria já sabe que este site está associado ao poder local vigente, e que quem por aqui passar percebe a consistência dos meus argumentos e a ausência séria de respostas aos mesmos.


De anonimo2 a 18 de Julho de 2008 às 07:46
Ó Srº MAD, então ja conhece a historia da BATATA QUENTE, "resume se a si , e sabe qual a moral da história ? não sabe! mas eu digo lhe, é que quem é ganacioso normalmente queima se , e parece ser o seu caso.
Agora outra situação , Srº MAD, o nome fica lhe bem , e sabe porquê?
Entao veja a triologia do filme MAD MAX, só que esse filme é a história de um salvador Solitário , e a sua resume se a historia de um Perdedor Maqueavelico.
Ai pois é.
É chato ser chato não é


De Manuel António Domingos a 18 de Julho de 2008 às 23:21
O seu comportamento só revela uma hipo qualquer coisa...


De anonimo2 a 18 de Julho de 2008 às 07:51
Srº MAD, o Srº tem a ousadia e o descaramento de dizer que estou a mentir, eu até axo que o Srº deve começar a andar com uma Hand camara nas maos e principalmente nesses eventos , para não surgir o caso do disse que disse , e ainda lhe digo mais , das pessoas que normalmente entram nas discuções deste blog , existe uma ou duas que poderão confirmar aquilo que lhe disse ontem.
;)


De Manuel António Domingos a 18 de Julho de 2008 às 23:28
Por enquanto uso a memória para esquecer o papel que vc está a fazer.


De Manuel António Domingos a 17 de Julho de 2008 às 18:06
Para que não restem dúvidas aí fica a cópia dos esclarecimentos, de alguém, e meus, sobre o assunto há 2 meses atrás;

De castromaisverde a 12 de Maio de 2008 às 15:10

Sem te querer aborrecer só te quero dizer que do publico intervieram 5 pessoas e no final foi perguntado se se achavam esclarecidos e se mais alguém queria participar .

De Manuel Antonio Domingos a 13 de Maio de 2008 às 08:28

Sou-te a dizer que não tenho qualquer problema em pedir desculpas quando reconheço que errei. Realmente falaram 5 pessoas, só que a interpretação que eu fiz, e admito que esteja errado foi considerar a intervenção do Dr. Pedro Rocha que é do ICN e não da LPN como tu afirmas, como sendo um elemento do Conselho de Opinião.
Podes ter a certeza que não estava a dormir nem concentrado naquilo a que tu chamas mesquenhices, mas que eu tenho a certeza que são preocupações com o futuro do nosso concelho. Quanto ao ex. vereador Sr. Coronel Manuel Colaço sou-te a dizer que concordo com a opinião que eu deu de começarem o projecto com a pista ciclável, que é para nós andarmos por ali à volta a ver o andamento dos trabalhos. Como te demonstro não estava a dormir, mas sim muito concentrado naquilo que ali foi dito. Nem a fábrica de cervejas que o senhor presidente da Câmara pelos vistos sugeriu ao empreendedor me desconcentrou por alguns momentos.
A pergunta que o senhor presidente fez, sobre se estavam esclarecidos, para quem sabe minimamente um pouco de português, só se pode interpretar, que se dirigia aos intervenientes que tinham colocado as questões.
Reitero que não foi dada a possibilidade a mais ninguém, de colocar questões, para além daqueles que inicialmente levantaram o braço.
Se o Dr. Pedro Rocha não faz parte do Conselho de opinião, peço desculpa porque efectivamente intervieram 5 pessos no periodo reservado ao público.
Já agora fica a saber que até fiquei contente por não intervir, porque aquilo que ouvi acabou por ser mais importante do que aquilo que não seria para já oportuno referir.
Propositadamente não quis ser un "rabat joie "



De a.r.p a 22 de Julho de 2008 às 16:09
Mas também lá esteve bna condição de anónimo?
Sabe é que eu também lá estive e em momento nenhum ouvi o que você diz que ouviu, é interessante a capacidade que as pessoas têem de se metamorfosear,quem lê estes comentários pensa que é verdade o que você diz. Tenha decência.
Seja honesto, verdadeiro e não brinque com coisas sérias. Dá-me a ideia que vocês brinacam com isto tudo, há mas comigo não brincavam...de certeza absoluta.


De antónio r.p a 20 de Julho de 2008 às 22:17
Respondam ao homem com decência seus milharufos sugadores, vocês que sabem tudo, estamos a falar de investimento privado, ok Mas a CMCV também é de privados? mais parece....quem não os conhce que os compre.Faem normalmente com quem os questiona não se encristem, estão a defender oi quê? E quem? Uns merecem mais defesa que outros? Não os conhecem os dois? Eles até são da mesma terra e quse da mesma idade. Só que um tem tido poder e o outro não. Pois é tanto poder alguma coisa havia de dar. Neste caso para já deu raiva pessoal. è pena.
Qualquer dia vamos saber/ divulgar estes anónimos inteligenyes e veremso quem morde depois a língua.
ASté lá.


De Manuel António Domingos a 20 de Julho de 2008 às 22:48
è sempre agradável aparecer alguém, com uma chamadinha de atençao para esses anónimos que só conseguem ver para à frente e para um só dos lados.
Quanto à raiva pessoal digo-lhe que da minha parte não existe. Em mim só mora uma vontade enorme de um dia as pessoas perceberem o porquê destas divergências políticas, depois de muitos anos de colaboração com o mito, que de mito não tem nada.


De Manuel António Domingos a 15 de Julho de 2008 às 08:28
Ontém voltou a constar informação sobre a Cavandela e outros, que poderemos com um espirito de boa vontade, considerar « actualizada », dizem os homens que os trabalhos preparatórios das infraestruturas arrancarão no Verão de 2008 e que a construção começará nos finais de 2009. Portanto como vêem já eliminaram a informação escandalosa de que os Hoteis e Golf iam abrir já em 2008, depois das infraestruturas terem começado em 2007.
A verdade neste momento é mque nem sequer o Plano de Pormenor entrou na fase de discussão pública, sabendo Deus se alguma vez será aprovado como o têm apresentado.
Continuem a refletir e tenham um bom dia de trabalho, ou férias se for o caso.


De Manuel António Domingos a 16 de Julho de 2008 às 14:36
Para que não restem dúvidas e confusões, a informação que voltou a estar dísponível e actualizada ,refere-se ao Site da E3 PROPERTY sobre a Cavandela e Ameixeira.
Recordo-lhe que vejam os meus comentários no Post deste BLOG ; Até Amanhã Camarada, que teve 46 comentários.


De antínio r.p a 20 de Julho de 2008 às 22:19
Oh homem, deixe isso descansado um tempo, estamos na época estival, com essa conversa repetidissima diáriamente você está a correr o risco de ninguém ligar ao que diz, Acredite em mim.
Voltarei


De Manuel António Domingos a 20 de Julho de 2008 às 22:35
Obrigado pelo conselho. Nem queira saber o esforço que faço para me conter, mas reconheço que a grande maioria das pessoas não domina muitas das matérias em questão, e daí eu perceber as suas recomendações e a razão das mesmas.


De Manuel António Domingos a 16 de Julho de 2008 às 14:56
Já era tempo de mandarem um documento para Entradas, pedindo desculpas e esclarecendo o conteúdo do seguinte comentário;
De Manuel Antonio Domingos a 1 de Julho de 2008 às 16:00
Então não estiveste na sessão da Assembleia Municipal de ontém à noite?
Andaste a passear pelos corredores?
Já estás informado de que o nosso presidente reconheceu ter mentido em Entradas, quando afirmou que o Projecto da Cavandela já tinha rendido 300.000,00 € ( 60.000 contos ) em cobrança de IMT? Haaa ... mas atenção, a culpa foi dos serviços de contabilidade, que lhe forneceram o número errado. A 1ª secretária da Assembleia Municipal ( Dra. Manuela Florêncio ) ainda quis disfarçar a coisa, de que o senhor presidente tinha confundido 60.000,00 euros com 60.000,00 contos, mas aí, o senhor presidente puxou dos galões, e disse logo, que na realidade , tinha querido dizer 60.000 contos, porque foi esse o número que os serviços lhe forneceram.
O senhor presidente que é tão inteligente, e tem uma longa experiência, não conseguiu logo ver, que para ter recebido 300.000,00 € de IMT, só da Cavandela, atendendo a que o IMT sobre os prédios rústicos é de 5%, teria a Cavandela que ter sido vendida por 6.000.000,00 €?
Secalhar estou achando muito, mas se o homem não se admirou, ele lá terá as suas razões que nós desconhecemos. É que isto dos grandes projectos, movimenta sempre números, e formas de pagamento, que não é para qualquer um cidadão entender.
Lá dirá o homem, que isto sim, é um argumento velhaco e canalha ... ... ( vindo de quem vem )
E a maneira como os cidadãos do concelho de Castro Verde estão a ser tratados com este projecto, qual será o melhor adjectivo qualificativo adequado?
Como é que o homem se irá amanhar sem fazer confusões com a grandeza dos números do PORA?
Telefonará ao Guterres?
O futuro presidente da Câmara Arq. Duarte interviu para dizer que o número correcto de IMT recebido foi de 58.000, 00 e qualquer coisa euros para ser exacto.
Resumindo e concluindo, e agora sou eu que falo, simplesmente entrou nos cofres da Câmara até ao momento, o IMT referente à compra da Herdade da Ameixeira por parte da filha do senhor António Peixeiro Lourenço, que posteriormente a vendeu à Cavandela-Sociedade Imobiliária Lda, já no inicio de 2008. A Cavandela foi registada nas Finanças em Julho de 2005, como sendo para revenda, e assim se mantém até hoje, sendo que se não mudar de dono durante este mês, terá forçosamente que pagar o IMT que ainda não pagou. Ao abrigo da legislação para as Empresas Imobiliárias, o máximo que pode estar sem pagar o IMT, não havendo revenda, é um período de 3 anos. Faltam poucos dias para vermos o próximo episódio deste folhetim.
Para que percebam melhor o tamanho da mentira de Entradas, aí vão os montantes de IMT que a Câmara recebeu de todas as vendas, quer de prédios rústicos , quer de prédios urbanos, em todo o concelho, desde 2004, e até 2007;
2004 - 219.415,21 €
2005 - 202.176,78 € ( curiosamente foi no ano em que a Cavandela foi vendida, que menos IMT entrou nos cofres da Câmara. Está tudo dito )
2006 - 375.943,73 €
2007 - 406.313, 16 €
E já agora para terminar, acham que o IMT do ano passado, dará para pagar três festinhas, como aquela que a Câmara vai agora fazer neste fim de semana?
Não acham, que são já mais que horas, de pôr ordem na casa?
Doi não doi ? o que aí está, é simplesmente, e sómente, a verdade meus amigos.
Por muito que lhes custe, não se hão-de gabar de não haver ninguém a pôr o dedo na ferida!
Estou lutando, para que a minha intervenção cívica, seja como o fermento metido na massa com que se fabrica o pão. Porque na outra, não cabe a minha ética, nem a minha idoneidade pessoal.
Prometo que falarei mais do que se passou na última sessão da Assembleia Municipal. E há pano para mangas. É pena que o povo se alhei completamente da sua vida colectiva local. Ontém no público estávamos 3 pessoas, sendo que uma, era a jornalista da Rádio Castrense.
Tenham um bom resto de tarde, e até breve.



De arabeencantado a 22 de Julho de 2008 às 16:16
Pedir desculpas? A si? Ou às pessoas de Entradas?
Essa coisa de pedir desculpa é para outro nível, era o que mais faltava....
Não sei quem é que deveria estar mais indignado com a falta de respeito que demonstraram esses cavalheiros por aquelas pessoas. Consigo já percebemos que vale tudo , mas com o povo que os elege??? Francamente mentir não, para depois virem dizer que foi engano!!! Que esquisito o homem enganar-se, ele enganou-se e os restantes passou-lhe ao lado, pudera passa-lhes tudo.


De Manuel Antonio Domingos a 23 de Julho de 2008 às 01:47
Arabeencantado, por muito que lhes custe é realmente verdade que eu estou noutro nível. Obrigado pela suas sábias e conhecedoras palavras.
Passa-lhes tudo ao lado? Mas a todos e todas ? ... ...
Olhe que não, olhe que não!


De anonimo2 a 25 de Julho de 2008 às 16:58
Obrigado arabencantado, tirou me as palavras da boca, mas e mais forte que eu, não consigo resistir a este tipo de mentalidade preversa ou melhor dores de cotovelos mal curadas, mas o srº MAD não pde levar avante a chamada conversa da treta, com as insinuações maldosas e sem o miimo de escrupulos, tem a abilidade de mentir com todos os dentes que tem na boca " contando tb os da placa " ;
Uma guerra faz se qd existe 2 ou mais inimigos e n qd uma ataca e outra o ignora ataques, cujo tal não tem qualquer fundamento .
E dá pra reparar que akilo q se passa aki é uma dor de cotovelo sem precedentes onde temos um Srº de letras maisculas e outra com uma letra taõ muda que mal se ve
volto mais tarde


De Manuel Antonio Domingos a 26 de Julho de 2008 às 12:25
Pobre rato... nem os meus cães rastejam tanto...


De Manuel António Domingos a 17 de Julho de 2008 às 09:45
Há pelo menos uma autarquia que tem esta informação no seu sitio da INTERNET sobre isenções de IMT;

Existe alguma isenção na aquisição de imóveis para revenda?

Sim. Esta isenção é reconhecida automaticamente pelo notário na celebração do acto ou contrato de aquisição e tem como condições o adquirente ser sujeito passivo de IRS/IRC, encontrar-se inscrito para a prática da actividade de compra e venda de imóveis e revenda dos adquiridos e exercer normal e habitualmente a actividade de comprador de prédios para revenda, o que se comprova com exibição de certidão do Serviço de Finanças da localização da sede ou domicilio, donde conste ter sido adquirido ou vendido pelo menos um prédio para revenda no exercício no ano anterior ao da compra de que quer beneficiar de isenção.

Terá ainda que revender o prédio adquirido com isenção até 3 anos após a aquisição. Se o não fizer caduca a isenção. Também caduca a isenção se for dado destino diferente aos prédios.

É necessário ter a situação regularizada perante o fisco (art. 11º-A do Estatuto dos Benefícios Fiscais) e a segurança social para ter acesso ao benefício.

Nota:
Espero que reconheçam que isto que estou a fazer é defender o interesse público. Não me venham ainda com o argumento, que é falta de ocupação, ou obcessão doentia.Gosto muito de partilhar a informação que vou obtendo com as opcções de gastar o meu tempo dísponível.
Porque será que há quem prefira que sejamos todos ignorantes? Ao menos reflitam... ...


De Manuel Antonio Domingos a 25 de Julho de 2008 às 01:11
Entraram em blackout, pelos vistos contra factos não há argumentos.


De castromaisverde a 25 de Julho de 2008 às 15:23
Não faças isso gostamos sempre de ouvir a tua opinião.


De Manuel Antonio Domingos a 26 de Julho de 2008 às 12:27
Consegues interpretar a diferença entre; entraram e entrei?


De anonimo2 a 25 de Julho de 2008 às 17:02
Nunca ouviu dizer que uma chapada sem mão faz mais moça que uma chapada com mão, a ignorancia perante o srº , é a melhor arma que qualquer pessoa pode ter, pois uma pessoa que foge a verdade e pior faz ataques cerrados a uma unica pessoa não tem melhor remedio , a não ser ignorarem no
voltaremos a encontrar nos


De Manuel Antonio Domingos a 26 de Julho de 2008 às 12:39
Se o senhor fosse ignorante, era bem pior do que o senhor ser ignorado. Quanto a chapadas só as pode levar quem dá a cara, nunca cobardes sem rosto, e ainda por cima cheios de raiva por não sermos todos manobráveis a seu belo prazer. Grandes democratas, que não passam de abortos do 25 de Abril...


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Boa tarde

. Tradicionais Festas em Sa...

. Sr. Presidente devolva o ...

. Festejos do Foral de Cast...

. Por cá....

. Na reserva mas de olho!

. Castromaisverde vai fazer...

. Matemática Politica em Ca...

. Caeiros renuncia ao manda...

. PS adianta trabalho para ...

.arquivos

. Julho 2013

. Agosto 2011

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Julho 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

.Visitantes

cocheshoteles nicaraguaClasificadosmascotasteta

.Visitantes Online

online

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds